Project Description

Tratamento da Disfunção da Articulação Temporomandibular (ATM)

A Articulação Temporomandibular:

É a articulação  entre a mandíbula e o crânio. Ela permite o movimento de abertura e  fechamento   da boca, assim como a lateralização e protusão da mandíbula durante a fala, a mastigação ou a deglutição.

As causas mais freqüentes da disfunção da ATM são: má oclusão (mordida inadequada), traumatismos (pancadas), excessiva abertura da boca, frouxidão ligamentar, e outros.

Os sinais e sintomas que podem aparecer são: dor de cabeça, zumbido no ouvido, estalidos ao abrir e fechar a boca, dor na musculatura do rosto, principalmente no músculo masseter e temporal, dor de fundo de olho, dificuldades de abrir e fechar a boca, desvios mandibulares ao abrir e fechar a boca, entre outros.

Para se obter um diagnóstico preciso da Disfunção Têmporo-Mandibular é necessária uma avaliação clínica  pelo cirurgião dentista  que irá verificar as estruturas envolvida, checar os hábitos parafuncionais, a postura, possíveis má-formações e traumas ocorridos.

O tratamento da Disfunção da Articulação Têmporo-mandibular:

O tratamento poderá ocorrer com o uso de medicamentos, aparelhos fixos ou remvíveis, placa de mordida interoclusal para reposicionamento mandibular e/ou placa miorrelaxante, fisioterapia, laser de baixa potência, Tens, Ultrassom, Fonoforese, Crioterapia, exercícios com fonoaudiólogo, reeducação a postural, dieta, entre outros.

A Placa de Mordida:

É um aparelho confeccionado em acrílico resistente. Ela é posicionada sobre os dentes  superiores ou inferiores e apresenta as seguintes funções : relaxar a musculatura ao redor da boca, das têmporas; proteger os dentes de hábitos parafuncionais; permitir o bom funcionamento das  articulações têmporo-mandibulares, de forma a definir a posição mais funcional para que o côndilo da mandíbula realize seus movimentos sem a interferência dos dentes.