Project Description

Torne seu sorriso mais atraente com técnicas  de clareamento bem monitoradas.

Ao iniciar o clareamento dentário o profissional deve  salientar a importância da mudança de hábitos. Bebidas com alto teor de pigmentação, como chás, cafés, refrigerantes a base de cola, vinho tinto e alimentos com corantes fortes podem ser ingeridas, desde que o paciente realize a higienização bucal sempre após a alimentação. Pacientes fumantes também devem limitar-se a um número menor de cigarros, cachimbos e/ ou charutos por dia. O ideal é a cessação do uso de tabaco para evitar o câncer de boca, além da manutenção da saúde e estética orais.  Essa mudança de hábito é fundamental para que haja uma real melhora na condição de saúde bucal, inclusive a coloração dos dentes.

Clareamento dentário no consultório  ou caseiro?

Classificam-se as técnicas de clareamento dentário em: a)  clareamento caseiro, administrado pelo paciente sob supervisão do cirurgião-dentista; b) clareamento em consultório, para obtenção de uma resposta mais rápida ao procedimento; e  c) clareamento associado às duas técnicas, indicado em casos mais resistentes ao clareamento ou quando se deseja encurtar o tempo de tratamento

Importância do diagnóstico, prognóstico e planejamento

Quando um paciente se apresenta no nosso  consultório devido a alterações de cor em seus dentes, o dentista irá, inicialmente, fazer uma investigação das possíveis causas das alterações de cor: a origem, a natureza e a composição das manchas, para que possa estabelecer um prognóstico e um adequado plano de tratamento. Caso o dente já tenha sofrido a ação de um tratamento clareador e obteve fracasso, é muito provável que não obtenha sucesso novamente.

A técnica de clareamento dentário no consultório odontológico

A técnica de clareamento dentário pela luz de LED só pode ser realizada em consultório odontológico por um profissional. Nesses tratamentos os géis clareadores apresentam uma concentração mais alta que na técnica caseira, sendo que a concentração mais preconizada é a de peróxido de hidrogênio a 35%.  Uma proteção dos tecidos moles na região correspondente à gengiva e às papilas interdentais é realizada. Após a proteção gengival, aplica-se o gel sobre os dentes. Em seguida, uma fonte de luz é direcionada sobre os dentes, promovendo uma degradação mais rápida do peróxido, acelerando a velocidade de clareamento e aumentando os resultados. O procedimento de clareamento dentário a laser leva, em média, de quarenta e cinco a sessenta minutos. Normalmente, mais de uma aplicação é necessária para clarear os dentes superiores e inferiores.

As expectativas do paciente

As expectativas do paciente devem ser reais. Dependendo do grau de coloração e manchamento dos dentes, nem sempre o resultado será dentes extremamente brancos e claros. O paciente deve encarar o clareamento como uma maneira de melhorar a coloração inicial do seu sorriso. Em casos de manchas muito escurecidas e profundas, outros procedimentos estéticos complementares podem se fazer necessários, como a micro-abrasão, recobrimento com resinas compostas ou facetas de porcelana.

 

Etapas do clareamento no consultório:

  • Limpeza dos dentes com ultrassom, removendo a placa supragengival. Em seguida é realizado um polimento do esmalte com taças de borracha e pastas de polimento, removendo resíduos e manchas superficiais.
  • Retratores de bochecha e lábios e um protetor de língua são colocados para manter os dentes secos durante toda a aplicação. Uma proteção da gengiva e da bochecha é feita através de um lençol de borracha ou gaze cuidadosamente colocada.
  • Uma resina fluída é usada como barreira na margem gengival, entre o dente e a gengiva, protegendo-a da solução de clareamento.
  • Com um pincel ou uma seringa, os dentes são cobertos com o gel de clareamento. Esse gel geralmente possui uma concentração de peróxido de hidrogênio de 35 %. Essa concentração pode variar de acordo com diversos fatores, tais como o grau de branqueamento desejado, o tempo de aplicação e a sensibilidade de cada paciente.
  • Uma fonte de luz é direcionada sobre os dentes cobertos com o gel, promovendo uma degradação mais rápida do peróxido, acelerando a velocidade de clareamento e aumentando os resultados. Em uma única sessão, são feitas, no máximo, três aplicações de cinco minutos em cada arco dentário.
  • Ao final da aplicação, o gel de clareamento é aspirado e os dentes são lavados. Uma aplicação tópica de flúor é realizada com a finalidade de diminuir os efeitos da sensibilidade.